a crise está em mim. a crise sou eu.










Thursday, July 02, 2009

"já me suicidei tantas vezes que já nem sequer existo"

[uma voz calma no filme do outro dia]


entrei. puxei a persiana aqui ao lado com o scroll e deslizei as mãos no caixilho, dactilografando.

derrota é a palavra do dia. cansaço também. acre pode ser o sabor, e o silêncio iminente nesta tela negra há-de ser com certeza o suspiro de hoje.

a frase do dia vai ecoar indefinidamente.
não é a morte nem a vida, o ponto é a existência.

lucidez, não te afastes...

1 comment:

Joao Miguel F. Silva said...

Nelsito, NAO TE SUICIDES PA!!!!

a arquitectura mata mas ainda lhe vamos dar a volta por cima. Vai ser um optimo hobbie quando nos cansarmos dos nossos futuros empregos...
é essa a minha motivação!!

abraço do futuro companheiro de casa em buda ou em peste, tens que passar lá em tondela